Interior do Bradesco de Quixadá.

A Polícia Militar atuou nesta quinta-feira, 26, para analisar se havia sido instalado num dos caixas do Banco Bradesco, em Quixadá, um equipamento conhecido como “chupa-cabras”.

A ação policial aconteceu após denúncias de que os saques não estavam funcionando corretamente. Primeiro uma mulher de nome Raquel, assistente social, tentou sacar a quantia de R$ 1.000,00, mas só saiu do caixa a quantia de R$ 950,00. Depois um homem de 32 anos, identificado apenas pelas iniciais E.K.G., tentou sacar a quantia de R$ 930,00, mas só saiu do caixa R$ 850,00.

Após a análise da PM, ficou constatado que não havia nenhum equipamento “chupa-cabras” instalado no caixa eletrônico. Este tipo de problema deve, primeiro, ser verificado junto à gerência da agência bancária e, se for o caso, comunicado à polícia.

Site desenvolvido por Agência Clig