Não há dúvidas de que a UNICATÓLICA (Centro Universitário “Católica de Quixadá”) mudou a face de Quixadá, no Sertão Central do Ceará, desde que foi implantada no município, tornando-o, definitivamente, pólo universitário da região e abrindo caminhos para outros investimentos, públicos e privados, no âmbito da educação. Nesta segunda-feira, 03, a instituição chega aos seus 13 anos de existência.

Em seu site, a UNICATÓLICA traça um histórico de investimentos na área de educação em Quixadá, feitos pela Igreja Católica e seus Bispos, ao longo da maior parte do século XX e depois, colocando a universidade nesta linha de aposta continuada no valor da difusão do conhecimento. “O credenciamento como Centro Universitário vem comprovar esta história de dedicação e comprometimento com a transformação social”, diz.

Publicada no Diário Oficial da União no dia 05 de maio de 2016, a Portaria MEC n. 367/2016 “representa o coroamento dos esforços de tantos que derramaram não apenas suor e lágrimas, mas também doaram seu sangue, para ver, em Quixadá, uma instituição forte. Atualmente, o Centro Universitário conta com diversos cursos de graduação e pós-graduação (lato sensu) nas áreas de Educação e Formação Humana, Exatas e Tecnológicas, Formação Jurídica, Gestão e Negócios, Saúde e Bem Estar”, explica a instituição.

De fato, a UNICATÓLICA foi, indubitavelmente, um marco transformador de realidades em Quixadá, criando, inclusive, novos nichos econômicos e promovendo transformação social.

A Região de abrangência da UNICATÓLICA engloba, além de Quixadá, os municípios de Acarape, Aracoiaba, Aratuba, Banabuiú, Barreira, Baturité, Boa Viagem, Canindé, Capistrano, Caridade, Choró, Chorozinho, Guaramiranga, Ibaretama, Ibicuitinga, Itapiúna, Itatira, Jaguaretama, Jaguaribara, Madalena, Milhã, Morada Nova, Mulungu, Ocara, Pacoti, Palmácia, Pedra Branca, Quixeramobim, Redenção, São João do Jaguaribe, Senador Pompeu e Solonópole. Desse modo, a instituição reforça seu compromisso com a Região Central, englobando, ainda, parte das mesorregiões de Jaguaribe e Sertões Cearenses.

Gooldemberg Saraiva é editor do Diário de Quixadá


Site desenvolvido por Agência Clig