Fotografia do filme O Vestido de Myriam, de Lucas Rossi.

O município de Quixadá, localizado na região do Sertão Central do Estado do Ceará, vai receber na quinta-feira (13) o projeto Cine Itinerante – 28º Cine Ceará, com exibição gratuita de seis curtas-metragens vencedores da edição deste ano do Festival Ibero-americano de Cinema e o curta do projeto Enel Compartilha Animação. A programação acontecerá às 19h30, na Casa de Saberes Cego Aderaldo (Rua Pascoal Crispino, 167 – Centro).

No total, 20 cidades recebem a programação do Cine Itinerante – 28º Cine Ceará, que começou no dia 26 de novembro e segue até o dia 17 de dezembro. Os filmes já foram exibidos em Maracanaú, Maranguape, Horizonte, Paracuru, Beberibe, Fortim e Itaiçaba. Agora a circulação segue para Amontada (05.12), Acaraú (06.12), Granja (07.12), Quixeré (08.12), Limoeiro do Norte (09.12), Eusébio (10.12), Pacatuba (11.12), Sobral (12.12), Quixadá (13.12), Russas (14.12), Guaiúba (15.12), Aquiraz (16.12) e Redenção (17.12).

Fotografia do filme Nova Iorque, de Leo Tabosa.

Cine Itinerante – 28º Cine Ceará é financiado pela Secretaria do Audiovisual (SAV) do Ministério da Cultura, conforme Edital 05/2017. Parceria: SECITECE e CENTEC (Maracanaú, Maranguape, Beberibe, Fortim, Itaiçaba, Amontada, Acaraú, Granja, Quixeré e Limoeiro do Norte). Apoio: Secretarias Municipais de Cultura de Horizonte, Eusébio, Pacatuba, Aquiraz e Guaiúba, e Campus UFC de Sobral, Quixadá e Russas.

Fotografia do filme Só Por Hoje, de Sabrina Garcia.

OS FILMES

Nova Iorque, de Leo Tabosa (Melhor filme da Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem e Prêmio da Crítica/Júri Abraccine)

O Vestido de Myriam, de Lucas Rossi (Melhor Direção da Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem; Prêmio Olhar Universitário; Troféu Samburá– Melhor Curta-metragem; Prêmio Aquisição Canal Brasil).

Só Por Hoje, de Sabrina Garcia (Melhor Roteiro da Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem)

A Canção de Alice, de Barbara Cariry (Melhor Produção Cearense da Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem)

Plantae, de GuIlherme Gehr (Troféu Samburá– Melhor diretor de curta-metragem)

A Vila (de alunos do projeto Enel Compartilha Animação)

Fotografia do filme A Canção de Alice, de Barbara Cariry .

O 28º Cine Ceará é uma promoção da Universidade Federal do Ceará (UFC), através da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura (Lei Estadual Nº 13.811), do Ministério da Cultura, via Secretaria do Audiovisual, da Agência Nacional do Cinema (Ancine), do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e Prefeitura Municipal de Fortaleza, através da Secultfor. A realização é da Associação Cultural Cine Ceará e Bucanero Filmes.


Site desenvolvido por Agência Clig