A direção e o corpo de funcionários do Colégio Valdemar Alcântara (CVA), instituição particular de ensino em Quixadá, no Sertão Central, realizou nesta quarta-feira, 15, um protesto contra a Reforma da Previdência proposta pelo Governo Federal e pedindo “Fora Temer!”.

A medida simbólica de repúdio a Temer e à sua proposta previdenciária, em Quixadá, acompanha os atos de protesto de trabalhadores de diversas categorias que fizeram paralisações em todo o Brasil no dia de hoje.

“Sou trabalhador e não quero trabalhar até o fim da vida sem ter a certeza de quando vou me aposentar. Essa reforma da previdência traz prejuízos para todos os trabalhadores”, disse ao Diário de Quixadá o professor Renê Barbosa, que participou do ato no CVA.


Site desenvolvido por Agência Clig