Venezuela vai pagar salários de trabalhadores por 6 meses para que fiquem em casa.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, lançou um plano para enfrentar o coronavírus em seu país. Para garantir a quarentena, o estado venezuelano assumirá os salários dos trabalhadores públicos e privados durante os próximos 6 meses para que eles fiquem em casa. O governo fará um planejamento estratégico para trabalhos essenciais.

O mandatário decretou que está proibido demitir trabalhadores até o dia 31 de dezembro. Pelos próximos 6 meses está proibido cobrar aluguel, e prestações e juros de qualquer tipo de financiamento. As taxas de serviços de luz, água, gás foram suspensas, por tempo indeterminado.

Ao todo, 7 milhões de famílias receberão uma cesta básica de alimentos, a cada 15 dias, enquanto durar o estado de emergência no país.


Site desenvolvido por Agência Clig