Desembargador Kássio Nunes, do TRF-1.

O presidente Jair Bolsonaro surpreendeu o mundo evangélico brasileiro ao revelar intenção de indicar o Desembargador Kássio Nunes, do TRF-1, para o Supremo Tribunal Federal (STF). Nunes é católico, não um “terrivelmente evangélico”, como havia prometido em julho de 2019.

Além de católico, Kássio Nunes tem no histórico o fato de ter sido nomeado ao TRF-1 pela petista Dilma Rousseff, então presidente, após ser indicado ao cargo em lista sêxtupla elaborada pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Ele também já se manifestou contra pautas defendidas por bolsonaristas, como a obrigatoriedade da prisão em após julgamento condenatório em segunda instância.

Kássio Nunes é natural de Teresina e se formou pela UFPI (Universidade Federal do Piauí).


Site desenvolvido por Agência Clig