O DQ chegou!

É com enorme satisfação que coloco o Diário de Quixadá à disposição de todos, mas especialmente da nossa gente. Ao longo dos anos, outros veículos de comunicação tem desempenhado um trabalho importante nesta região do Ceará. No município de Quixadá, por exemplo, há uma imprensa atuante, que leva o debate das questões que afetam a vida de todos e que, de várias maneiras, mostra coragem admirável. O Diário de Quixadá chega com respeito a todos aqueles que o precederam, pretendendo colaborar mais do que concorrer na arte de comunicar.

O avanço de novas tecnologias da informação, a presença cada vez maior das redes sociais na vida da sociedade e a necessidade de termos à disposição informações seguras, pelas quais possamos formar nossa própria visão dos assuntos, exige uma qualidade que, não obstante tudo o que tem sido feito ao longo dos anos, mostra-se mais rara do que o desejável: o respeito pela liberdade de pensamento dos leitores.

Este respeito é prejudicado, por exemplo, pelas disputas políticas. Boa parte dos veículos de comunicação à disposição do povo em nosso país pertence a grupos com fortes interesses políticos. Isto afeta sobremaneira a linha editorial de jornais, revistas e sites. Em nossa região não é muito diferente.

O Diário de Quixadá não acredita em imparcialidade jornalística, dado que até as palavras que escolhemos para relatar um fato concreto retira, ao seu modo, um pouco desta imparcialidade. Mas acredita que é possível sim fazer maior esforço na busca por uma maneira mais equilibrada de transmitir ao público aquilo que pode ser relevante para ele.

O Diário de Quixadá, em harmonia com este meu desejo, buscará estabelecer uma marca exatamente nesta direção do esforço pelo respeito a vocês, leitores. Não significa que não erraremos. Certamente vai acontecer. Nossa determinação será a de reconhecer o erro e corrigi-lo, deixando claro o que estava errado, sem receio de que isto nos traga qualquer prejuízo de credibilidade.

Como vocês podem perceber, na página principal do site há uma aba chamada OPINIÃO. É importante ressaltar que nela se publicará a opinião pessoal dos colunistas colaboradores. Pessoas notáveis por sua capacidade de se comunicar com a sociedade, e que pertencem a várias correntes diferentes de pensamento, foram convidadas a participar. Algumas já aceitaram. O que se lerá ali, portanto, será opinião, não necessariamente notícias. Saber diferenciar isto evitará possíveis mal entendidos.

Quanto ao formato, o site é simples, de fácil interação e responsivo. Ser responsivo significa que ele conseguirá se adaptar a todas as plataformas que oferecem acesso à internet, como celulares, tablets, computadores, etc, para lhe oferecer a melhor experiência de navegação.

Estamos em fase inicial, testando diversos controles e, assim, nem tudo o que pretendemos oferecer já está pronto. A área de vídeos, por exemplo, ainda está sendo trabalhada e esperamos oferecer em breve bons conteúdos. Teremos uma área de vídeos exclusiva na página inicial do site, atrelada ao canal do Diário de Quixadá no YouTube.

Vocês também podem perceber que há botões, no interior das matérias, que oferecem a possibilidade de compartilhar nossos conteúdos em suas redes sociais. Use-os sem moderação. Nossa página no Facebook distribuirá links e outros materiais exclusivos do Diário de Quixadá. Curta a página para acompanhar nossas atividades em sua linha do tempo no Facebook.

Todo o trabalho de desenvolvimento do site foi da responsabilidade da Agência Clig.

Agradeço a todos vocês que acompanharam meu trabalho nas redes sociais e em outros veículos de comunicação ao longo dos últimos anos. Agora, porém, é o momento de iniciar uma nova fase nesta atividade e torço para ter novamente a honra de receber o apreço de vocês. Por enquanto, avisem aí: O DQ chegou! 


 

Site desenvolvido por Agência Clig