Carlos Clayton, usando o computador, observado por Diogo Borges.

Carlos Clayton, usando o computador, observado por Diogo Borges.

Alguém já ouviu falar do anjo Clayton? Maxo, o cara passava/fazia hora extra pra ver o negócio dar certo. Menino Clayton servia de segurança, era solidário em seus projetos, tinha competência em suas idéias e um carisma de deixar qualquer Papaléguas de queixo caído.

Menino Clayton tem nome na cidade, tu acha mesmo que eu não teria uma consideração por um homão da porra desses? Mah, eu vi Clayton reunir quase 100 jovens para assistir o último episódio de dragon ball, tinha cadeira pra tudo que era lado.

Mah, vi o menino Clayton ter a ideia de criar os JOGOS DIGITAIS da juventude, evento que levou milhares de pessoas a fundação cultural e animou a galera dos jogos eletrônicos.

Mah, vi o menino Clayton ter a ideia do fórum lgbtqia, evento que proporcionou toda a segurança e orientação específica para o assunto, levou milhares de pessoas a praça, fora a festa.

Vi o menino Clayton dar oportunidades aos distritos vizinhos com o FESTCAMP DA JUVENTUDE, projeto que levou milhares de alunos e veteranos das escolas públicas em um único lugar de competição. As competições na época eram: caça ao tesouro, tiro ao alvo de baladeira, pau de sebo, natação, futebol, concurso do maior comedor de milho, concurso mister FESTCAMP. Todas as modalidades tinham premiações.

Mah, vi o menino Clayton da uma oportunidade as bandas de músicas, evento que deu a oportunidade de muita gente fazer um batuque antes do sonhado 7 de setembro.

Sabe pq do “menino clayton”? Pq o cara só é pequeno, parece ser fraquinho, mas quando o homem sobe na sua pop 100 meu amigo…! o homem vira o guardião da juventude, é projeto pra tudo que é lado, é direção e competências em tudo que faz, sem falar do grande homem que é.

Meu amigo Carlos Clayton, você era o nosso bixão da prefeitura. Não sei como vai ficar agora, mas tenho certeza que cada jovem que passou por seus projetos, sabe o quão fodão você foi.

Quixadá perdeu a ideia,
Quixadá perdeu a consideração,
Quixadá perdeu o homem da juventude,
Quixadá perdeu a noção.

Autor: Diogo Borges.

OBS 1: O Coordenador de Políticas para a Juventude, Carlos Clayton, ligado à Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude, foi exonerado do cargo pelo prefeito interino de Quixadá, João Paulo de Menezes Furtado, nesta terça-feira (21).

OBS 2: Preservamos o texto original do autor, com seus maneirismos típicos das redes sociais, para melhor expressar os seus sentimentos de protesto.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO


Site desenvolvido por Agência Clig