QUIXADÁ, CE.

Parece brincadeira, mas algumas figuras da classe política quixadaense já estão em atividade de campanha para as eleições, pasmem!, de 2020. Gente acostumada a frequentar restaurantes caros em Fortaleza e a se saciar nos ambientes menos acessíveis aos mortais em Quixadá, agora resolveu, pasmem de novo!, conhecer os produtos vendidos por feirantes e ambulantes no centro desta cidade.

Claro que se trata de um aproveitamento político do desgaste gerado pela ação da prefeitura ao buscar organizar o centro enquanto reforma a feirinha para dar a estes trabalhadores mais dignidade e conforto. Mas como toda mudança traz contrariedades temporárias, sempre haverá um aproveitador por perto para não perder a oportunidade de explorar em benefício próprio a situação e se apresentar como bom mocinho ou boa mocinha. A coisa se torna tão caricata, a coisa aparenta ser tão forçada de um jeito, que é difícil imaginar que exista alguém que acredite na sinceridade destas investidas.

É compreensível o esforço demagogo. Quem nasceu em berço de ouro, cercado de oportunidades e privilégios, sempre terá que fazer algum teatrinho com os pobres para fingir que os compreende.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO


Site desenvolvido por Agência Clig