Paulo Régis Felipe Santiago foi levado a júri popular nesta terça-feira, 09, em Quixadá. Ele estava sendo acusado pelo Ministério Público de uma tentativa de homicídio contra Isac Rodrigues dos Santos, que no dia 19 de novembro de 2008 foi baleado pelo acusado, durante uma bebedeira no “Bar do Badeco”, na localidade de Lombada, Vila de São Bernardo, na Zona Rural do município.

O tribunal acolheu a tese da defesa do acusado e entendeu que o disparo aconteceu em legítima defesa, o que desclassificou o crime como tentativa de homicídio e o reduziu para lesão corporal. Paulo Régis foi, por isto, condenado a dez meses de prisão. Embora tenha se livrado desta acusação de tentativa de homicídio, ele já estava preso, condenado a mais de 40 anos de reclusão por crimes contra a vida cometidos em Quixeramobim.


Site desenvolvido por Agência Clig