O H135helionix é da empresa franco-alemã Airbus e custou mais de R$ 40 milhões ao Governo do Ceará.

O novo helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), cuja unidade vai ficar na base inaugurada em Quixadá, no Sertão Central, representa um acréscimo importante no combate à criminalidade.

Dentre suas muitas características de combate está a função de visão noturna, que permite aos policiais enxergarem seus alvos através do calor do corpo. Por isto, não importa se o fugitivo adentre o matagal ou tente fugir por estradas pouco conhecidas. A visão do H135helionix conseguirá detectá-lo com perfeição, permitindo que a polícia em solo seja orientada com precisão na captura de criminosos.

Visão noturna permite identificar alvos pelo calor do corpo.

Outra característica importante é sua capacidade de ficar “parado no ar” por muito tempo, sem auxílio do piloto.

Para além das características de combate, o novo helicóptero pode ser usado como UTI aérea, com capacidade de transportar pacientes em estado crítico a hospitais especializados, em geral na capital. Esse tipo de serviço representa o fortalecimento do SAMU em toda a região.

O H135helionix é da empresa franco-alemã Airbus e custou mais de R$ 40 milhões ao Governo do Ceará. Após a inauguração da base em Quixadá, a aeronave foi para Fortaleza, onde deverá receber manutenção e acréscimo de equipamento. Após isto, retorna para ficar à disposição do Sertão Central.


Site desenvolvido por Agência Clig