Rachel Marques supera Odorico Monteiro em Quixadá; os dois não foram eleitos para a Câmara Federal

A candidata do PT Rachel Marques à Câmara Federal superou o candidato à reeleição Odorico Monteiro (PSB) no município de Quixadá. Os dois eram os principais rivais.

Odorico tinha a vantagem de estar em pleno exercício do mandato e contar com mais exposição. Teve, também, o apoio da família Silveira, proprietária da Rádio Monólitos, e do prefeito interino, João Paulo. Apesar disto, não conseguiu deixar a candidata apoiada por Ilário Marques e Osmar Baquit para trás.

Em Quixadá, com 100% das urnas apuradas, os números ficaram assim para os dois:

Rachel Marques: 9.761 votos;

Odorico Monteiro: 8.445.

A votação no Ceará, no entanto, foi insuficiente para levar ambos à Câmara Federal.

Os demais candidatos que alcançaram pelo mais de um mil votos para federal em Quixadá foram os seguintes:

CABO SABINO: 2.582 (Não foi reeleito)

CAPITÃO WAGNER: 1.777  (Eleito)

IDILVAN: 1.506 (Eleito)

CELIO STUDART: 1.448 (Eleito)

DANILO FORTE: 1.448; (Não foi reeleito)

TOMAZ HOLANDA: 1.144. (Não foi eleito) 

ESPAÇO PUBLICITÁRIO


Site desenvolvido por Agência Clig