Quixadá vai ganhar presídio industrial modelo para o sistema penitenciário brasileiro.

O governador Camilo Santana anunciou, na sexta-feira, 29, durante cerimônia de posse de 192 concursados que haviam sido convocados pelo Governo do Estado para assumirem postos no sistema prisional, que um presídio industrial vai ser construído em Quixadá, no Sertão Central.

A ideia é que a unidade sirva como modelo para o sistema penitenciário em todo o país. A decisão pela construção em Quixadá já está tomada e o projeto está em fase de licitação. O município está em área geográfica favorável para a construção da unidade. Conta também a favor de Quixadá o fato do município possuir uma base da Ciopaer e estar construindo um quartel do Corpo de Bombeiros.

“Será uma unidade industrial. Terá o setor produtivo dentro dela. É uma experiência inovadora e estamos concluindo o projeto para ano que vem licitar essa obra que vai ser regionalizada”, contou, antecipando, ainda, que esse novo modelo será iniciado em Quixadá. “Queremos garantir que as novas unidades possam gerar trabalho e oportunidades para as pessoas que estão dentro do sistema”, contou.

Na unidade de Quixadá, os detentos vão trabalhar diariamente, aprender uma profissão e se capacitar para deixar o mundo do crime e ingressar no mercado de trabalho após cumprir a pena. À parte disto, todo o rigor da prisão em regime fechado será mantido. Iniciativas e parcerias com o setor público e privado devem garantir que aqueles que realmente querem mudar de vida tenham uma oportunidade.


Site desenvolvido por Agência Clig