Delegacia de Polícia Civil de Quixadá.

Na última sexta-feira, 11, o ex-presidiário Handerson da Silva Chagas, 23 anos, foi alvejado com vários tiros na Rua da Lavanderia, no Bairro Campo Novo. Ele chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento, mas não resistiu e morrer.

Informações anônimas levaram a polícia a uma casa na Rua Jesus Maria José, N°58, onde os assassinos estariam escondidos. Segundo informações do 9º BPM, quando as viaturas chegaram no local indicado os suspeitos se evadiram. Na casa foi encontrada uma moto com queixa de roubo, a mesma que foi usada no crime para dar fuga aos acusados.

Uma mulher de 25 anos, que mora na casa suspeita de ser usada como local de fuga, foi levada para a Delegacia de Polícia Civil. Os suspeitos de praticar o assassinato ainda não foram presos, mas as investigações continuam.


Site desenvolvido por Agência Clig