A prefeitura de Quixadá emitiu, nesta quinta-feira (14), nota de esclarecimento apontando para a identificação do que chamou de ‘distorções do sistema eletrônico’ de emissão de cobrança do IPTU 2018 e suspendeu, temporariamente, o envio de novos carnês. Além disso, orientou que aqueles contribuintes que já receberam os carnês não realizem o pagamento até a conclusão da análise de cada caso de distorção identificado.

A atualização da cobrança do IPTU em Quixadá, retomando as alíquotas praticadas antes da desfiguração do código tributário municipal, feita em 2013, que renunciou receitas, gerou muitas críticas. Alguns contribuintes tiveram aumentos em mais de 100%. Houve, ademais, intensa movimentação política contra a medida e até manifestações de entidades como a Câmara dos Dirigentes Lojistas, a Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil e a Associação de Imprensa do Sertão Central.

O DQ apurou que a suspensão do envio dos carnês não representa desistência, por parte da prefeitura, de atualizar o código tributário do município, mas tão somente a pretensão de corrigir erros grosseiros de cálculos que apareceram após o envio dos boletos. De fato, o Centro Administrativo e Financeiro recebeu muitas visitas de contribuintes que apontaram para a existência de falhas desta natureza.

Aliados políticos do prefeito Ilário Marques receberam com satisfação a decisão da prefeitura de analisar novamente os cálculos do IPTU.

Confira a nota na íntegra:

“A Prefeitura de Quixadá informa que mediante a identificação de distorções na aplicação de valores por parte do sistema eletrônico que emite os boletos do Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU, ano 2018, adotou a medida de suspender o envio dos boletos de cobrança do tributo e orienta que aqueles contribuintes que receberam seu boleto, não realizem o pagamento até a análise técnica de cada caso.

“Comprometida com uma tributação justa e alinhada com o bem da população de Quixadá, a prefeitura se compromete em, o mais breve possível, apresentar o resultado da análise do sistema e os desdobramentos e soluções para esta situação.”

SAIBA MAIS:
O que alguns querem esconder sobre a cobrança de IPTU em Quixadá? 

ESPAÇO PUBLICITÁRIO


Site desenvolvido por Agência Clig