Banner divulgado pela prefeitura anunciava início das aulas para o dia 06 de fevereiro, mas com decisão anulando seleção de professores, a data foi adiada.

Após acatar a decisão da juíza de Direito titular da 3ª Vara da Comarca de Quixadá, Dra. Ariana Cristina de Freitas, que determinou a imediata suspensão da convocação e contratação temporária de qualquer candidato aprovado no processo seletivo simplificado nº 001/2107, a prefeitura planeja agora realizar nova seleção simplificada para contratação de professores, visando atender as necessidades da rede municipal de ensino.

O edital do novo processo de seleção simplificada, reformulado em observância aos apontamentos feitos pelo Ministério Público do Ceará, pode ser publicado amanhã, quarta-feira, 08.

Ainda não se sabe exatamente quando as aulas do ano letivo de 2017 vão começar, mas a expectativa é para logo após o carnaval, no início de março. O planejamento inicial da prefeitura foi que as aulas começassem na primeira semana de fevereiro, mas com a ação que resultou na anulação da primeira seleção simplificada isto se tornou impossível, já que, atualmente, a prefeitura conta apenas com os servidores efetivos em número que não atende às necessidades da rede pública municipal.

Aproximadamente 12 mil alunos estão matriculados na rede municipal de ensino da Prefeitura de Quixadá, a maior da região.

Site desenvolvido por Agência Clig