Polícia investiga quadrilha de Quixadá que aplica golpes em postos de combustíveis.

A polícia do Rio Grande do Sul investiga uma quadrilha que aplicava golpes em postos de combustíveis. Em um deles, o prejuízo foi de quase R$ 200 mil. Um suspeito foi preso até o momento. Segundo a investigação, a quadrilha é da cidade de Quixadá, no Sertão Central. A informação é de reportagem do SBT.

Imagens de câmera de segurança registraram o golpe. Conforme apuração da reportagem, na hora de pagar, o suposto cliente aproveita a distração do frentista e troca a máquina de cartão do estabelecimento por outra, que estava com o carona. Em outro flagrante, o golpista finge encher os pneus do carro e substitui uma das máquinas, que estão em cima do balcão.

Depois da troca, todos os pagamentos feitos na compra de combustíveis vão parar em contas fantasmas cadastradas nas máquinas que foram deixadas pelos criminosos. A gerente de um posto desconfiou do golpe quando viu o extrato do banco. “Foi reparado que uma das máquinas que estavam lá não era no nosso cnpj. A quadrilha estava tão preparada pro golpe que eles conseguiram colocar o nosso nome fantasia na maquininha deles”.

A polícia já recebeu seis denúncias do mesmo golpe, todos em Porto Alegre. O primeiro caso foi registrado no final do ano passado. Após uma pausa, os golpistas voltaram a agir em setembro deste ano. Em apenas um posto, o prejuízo chegou R$ 180 mil.

“Dificilmente a gente vai conseguir recuperar esse dinheiro, porque já foi gasto. A gente consegue ver com a investigação para onde foi o dinheiro, mas resgatar e ressarcir as vítimas é quase impossível”, afirma a delegada Ana Luiz Caruso.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO.


Site desenvolvido por Agência Clig