Ilário Marques preside construção do Plano Plurianual de Quixadá.

O Plano Plurianual (PPA) está previsto na Constituição de 1988 e deve ser feito a cada quatro anos por todas as entidades da federação. Sua finalidade é estabelecer diretrizes, metas e objetivos para a gestão pública.

No decorrer desta última semana, a prefeitura municipal de Quixadá tem se empenhado no seu PPA, dialogando e ouvindo as comunidades e os servidores públicos. A meta é aprofundar ainda mais o conhecimento sobre as demandas, construindo junto com os cidadãos as soluções para os problemas enfrentados no município.

Localidades como Custódio, Cipó dos Anjos, Juatama e a Zona Urbana já tiveram encontros dos quais participaram o prefeito Ilário Marques, secretários municipais, vereadores, servidores que atuam nas mais diversas áreas da administração, especialistas e populares de modo geral.

Em cada uma destas ocasiões, a população teve plena participação, usando a oportunidade para apresentar ao prefeito as principais dificuldades dos lugares onde moram. Tudo foi anotado, discutido, e deverá compor parte importante do PPA de Quixadá.

VISÃO DE FUTURO

O discurso mais amplo nas deliberações do PPA aconteceu na noite desta sexta-feira, 18, nas dependências da Câmara Municipal, quando o prefeito Ilário Marques foi além das questões práticas imediatas e apresentou a um grupo grande de servidores públicos um resumo geral do estado em que a prefeitura foi recebida em 2017 e traçou sua visão sobre que atitudes a gestão deve tomar para oferecer não apenas soluções frágeis, mas sustentáveis e de longo prazo.

“Nós vamos recuperar o tempo que foi perdido. Vamos investir na educação, na infraestrutura, no homem do campo, na saúde e muito mais. Mas não podemos cair na armadilha de apresentar soluções frágeis. Não podemos deixar que o município seja vítima desse tipo de ciclo em que uma gestão boa prepara tudo e vem outra ruim e destrói aquilo que foi feito, como tem acontecido em Quixadá. Precisamos ampliar a discussão para construir soluções sustentáveis, adaptadas a um mundo moderno, em que a tecnologia e o capital intelectual são valorizados”, disse Marques. Ele acredita que a educação, acima de tudo, é o campo mais importante para a construção de uma nova realidade.

Encontro do PPA em Juatama.

Marques citou como exemplo a questão da saúde, que, segundo sua visão, não pode girar em torno da pessoa do médico. “Isso é um erro. Precisamos investir nas nossas enfermeiras, nas nossas agentes de saúde, nos profissionais que podem assegurar na ponta a prevenção dos problemas. Isso exige que modernizemos nossos postos, que equipemos nossos profissionais de saúde, tudo para não deixar que todo mundo fique dependendo exclusivamente da figura do médico que, essencial como seja, não deve ser o centro no qual giram as políticas de saúde pública”, acrescentou.

O prefeito surpreendeu a todos ao afirmar que, não importa o que sua gestão faça, muitas situações vão continuar complicadas, porque estamos inseridos num contexto mais amplo, “somos parte da periferia do capitalismo mundial”, segundo disse.

Marques tem uma visão para o futuro que se traduz em colaboração e compartilhamento, associativismo e a busca constante do comum, com amplo uso da tecnologia e do diálogo, no usufruto mais pleno possível da democracia. Propôs estabelecer grupos de estudo para discutir o futuro e criar uma nova elite intelectual. Convidou a juventude a se interessar por política e a participar efetivamente dela.

PLANEJAMENTO COMO HÁ TEMPOS NÃO SE VIA

As comunidades acolheram muito bem o PPA. Ficou a impressão de que a gestão pública está ciente das dificuldades e quer construir, junto com os cidadãos, as soluções permanentes de que Quixadá precisa.

Em Juatama, um grupo de jovens universitários fez um agradecimento público ao prefeito pelo interesse da gestão em oferecer transporte escolar adequado até o centro da cidade. Ilário incentivou os alunos a se formarem, disse que oferecer oportunidades de crescimento às pessoas é a sua missão de vida e de sua esposa Rachel Marque e, emocionado, prometeu a festa de formatura dos estudantes. “Quero vê-los professores, médicos, advogados, prefeitos, tudo o que vocês sonharem. É uma honra e alegria poder contribuir com o sonho de vocês”, afirmou.


Site desenvolvido por Agência Clig