Paredes de prédio no Centro de Quixadá desabam do segundo andar

Neste sábado, 11, parte da mureta de um prédio localizado na Rua Tabelião Enéas, no Centro de Quixadá, desabou do segundo andar.

Grandes pedaços de uma parede caíram sobre uma rua em que, felizmente, não havia grande movimentação de pessoas, como é comum acontecer de segunda a sexta-feira, principalmente pela manhã. O impacto poderia facilmente ter feito uma ou mais vítimas.

O prédio é a sede da extinta rádio Monólitos e da Liderança FM, administrados pela família do médico Ricardo Silveira.

No dia 18 de novembro do ano passado, o Diário de Quixadá divulgou denúncia de populares informando que pequenos pedaços de tijolos e partes do reboco estavam desabando e ameaçando a segurança de transeuntes. O risco, pelo que se vê, é bem real.

Diante do desabamento neste sábado, uma empresa parece ter sido chamada para fazer uma rápida intervenção no local, de modo a não deixar o desabamento muito em evidência. Os administradores do imóvel são membros da oposição política ao governo municipal e costumam criticar tudo o que podem na cidade de Quixadá.  Deixar em evidência que não cuidam direito do próprio local em que trabalham pegaria mal politicamente.

A suspeita da população, porém, continua. A dúvida é se a própria estrutura do imóvel está seriamente comprometida. Vale ressaltar que não há notícia de que a prefeitura tenha orientado uma fiscalização no lugar desde que as suspeitas de risco de desabamento começaram a circular na cidade. A medida seria importante para detectar o perigo e, quem sabe, evitar uma tragédia de grandes proporções.


Site desenvolvido por Agência Clig