O deputado estadual Osmar Baquit definiu, na manhã desta terça-feira, 07, a gestão do prefeito atual de Quixeramobim, Clébio Pavone, como “60 dias de desgoverno”. A declaração, junto com outras críticas, foi dada em transmissão ao vivo via Facebook.

Para o deputado, “parece até que o planeta girou e as pessoas ficaram cegas”, referindo-se à vitória de Pavone nas urnas. “Se a eleição fosse hoje o Cirilo seria eleito”, disse. Osmar questionou as indicações de Pavone para vários postos do serviço público. “Será que essas pessoas sabem o que estão fazendo?”, perguntou.

VEJA A ÍNTEGRA DA FALA DO DEPUTADO:

Site desenvolvido por Agência Clig