Ilário Marques tem encontro com donos de restaurantes, pizzarias e bares para tratar sobre novo modelo do Pula Fogueira

A vigésima edição do Pula Fogueira em Quixadá, neste ano de 2019, terá um novo formato. Para tratar deste assunto, Ilário Marques se reuniu com donos de restaurantes, pizzarias e bares na tarde desta quinta-feira, 11. A ideia é incluir atividades dos estabelecimentos comerciais na programação oficial do evento, aproveitando melhor e por mais tempo os espaços próximos à Praça José de Barros, onde as atrações principais se apresentam.

>SIGA O DIÁRIO DE QUIXADÁ NO INSTAGRAM

Durante os dias da festa, a Rua Rodrigues Júnior vai ficar interditada a partir do seu cruzamento com a Rua Clarindo de Queiroz, em frente à Praça Coronel Nanã. Ali será instalado um arco para demarcar a entrada nos espaços culturais, de comércio e de festa relacionados com o Pula Fogueira.

Os estabelecimentos, com apoio da prefeitura, terão autorização para levar suas atividades, inclusive, para a rua, com mesas, barracas, e palcos onde atrações musicais diversificadas serão oferecidas ao público nas horas anteriores ao show principal na Praça José de Barros.

A iniciativa tem potencial para ampliar a capacidade do Pula Fogueira para gerar renda no município.

Ilário Marques tem encontro com donos de restaurantes, pizzarias e bares para tratar sobre novo modelo do Pula Fogueira

Segundo a empresária Amanda Moraes, proprietária do Matulão Bar & Música, a prefeitura já vem cumprindo seu papel em alavancar a economia com a manutenção de iniciativas como o Pula Fogueira. “Agora vamos fazer a nossa parte e ajudar no evento”, destacou a jovem empreendedora.

Mais cedo, o prefeito e secretários já haviam se reunido com uma associação de barraqueiros e ambulantes. Eles também serão organizados de acordo com o novo formato do Pula Fogueira.


Site desenvolvido por Agência Clig