Ilário e Zé Nilson nas dependências da FADAT, em 2018, quando os dois receberam técnicos do MEC.

PT e PDT realizam, neste domingo (13) a convenção para lançar oficialmente a candidatura de Ilário Marques à reeleição nas dependências da FADAT, a nova Faculdade Dom Adélio Tomasim.

Embora o fato não represente tomada de postura eleitoral por parte dos dirigentes da instituição, não deixa de ser simbólico do momento político quixadaense.

Basta lembrar, por exemplo, que em 2016 um dos associados íntimos de Dom Adélio, o empresário José Nilson, foi vice na chapa de Ricardo Silveira, que continua tentando derrotar Ilário em 2020. Naquela época, seria impensável a realização desta convenção nas dependências de uma instituição dirigida por estas personagens.

Acrescente a isso o fato de que, agora, Quixadá inteiro conhece o fato de que Ricardo Silveira trava uma enorme briga na Justiça contra a Maternidade Jesus, Maria e José, obra de extrema relevância de Dom Adélio no município. Hoje, portanto, inimaginável seria que Ricardo Silveira realizasse uma convenção nas dependências de uma instituição de Dom Adélio. Embora não houvesse impedimentos de qualquer ordem, certamente feriria de morte a coerência do evento.

Informe Público.


Site desenvolvido por Agência Clig