Exatamente às 13 horas desta quinta-feira, 02, o prefeito de Quixadá, Ilário Marques, através do decreto 016/2017, ANULOU o concurso público realizado pela prefeitura deste município em 2016.

Marques considerou, dentre outras coisas, que a administração anterior, do prefeito João Hudson, não elaborou uma estimativa de impacto financeiro para os três exercícios seguintes ao concurso, não fez previsões na Lei Orçamentária para realizá-lo e que o certame foi levado adiante em ambiente de violação à Lei de Responsabilidade Fiscal.

“A ocorrência das situações acima, se não reformadas pelas autoridades públicas, poderá ensejar prática de improbidade administrativa”, afirma o decreto.

“Fica ANULADO o concurso de provas e título do município de Quixadá, referente ao edital 01/2016, bem como os atos administrativos dele decorrentes e os efeitos por ele produzidos”, finaliza o documento.

NOVO CONCURSO

Ilário Marques já anunciou intenção de realizar novo concurso, porém, com menos vagas. O imbróglio deve acabar nos batentes do judiciário. O Ministério Público, por exemplo, defende a homologação do concurso que acaba de ser anulado.

Leia a íntegra do decreto que anulou o concurso público:

Site desenvolvido por Agência Clig