Emílio Teófilo da Silva, 33 anos

O ex-presidiário Emílio Teófilo da Silva, 33 anos, foi executado com sete tiros na noite deste domingo (10), na Rua Deusimar Mendes, no Conjunto Dert, em Quixadá.

De acordo com o 9º Batalhão de Polícia Militar, sediado neste município, a vítima foi atingida por sete disparos: quatro nas costas, um na parte frontal do pescoço e dois no peito. Conforme investigação da polícia, os tiros partiram de pessoas que estavam em um veículo de cor prata.

O DQ ainda apurou que a família do morto é de Senador Pompeu. Ele estava morando em Quixadá e as autoridades já tinham conhecimento de sua presença na cidade, dado que possuía extensa ficha criminal. Emílio Teófilo respondia por lesão corporal, ameaça, furto, assalto, resistência à prisão e desacato.

A polícia esteve no local preservando a cena do crime e aguardando o rabecão do Instituto Médico Legal de Quixeramobim, que levou o corpo para exames cadavéricos.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO


Site desenvolvido por Agência Clig