Campanha de Ricardo Silveira pede à justiça que impeça Juliana Câmara de postar atividades da sua secretaria.

A campanha do médico Ricardo Silveira (PSD) pediu à Justiça Eleitoral para impedir a Secretária de Saúde de Quixadá, Juliana Câmara, de compartilhar nas redes sociais diversos links com atividades da sua pasta.

Pediu-se também ao juiz para condenar a gestora por abuso de poder político por causa de um áudio em que ela convida servidores para uma reunião na casa do prefeito Ilário Marques (PT). Este pedido foi negado.

A justiça entendeu, porém, que embora Juliana não esteja disputando qualquer cargo eletivo em 2020, a divulgação das atividades da sua secretaria tem potencial para favorecer o candidato Ilário Marques, e determinou a remoção de links no Facebook. Ao DQ, Juliana disse que cumpriu a determinação judicial.

Pedido semelhante impediu também que o secretário Higo Carlos continue compartilhando conteúdo com atividades da Secretaria de Cidadania e Serviços Públicos.


Site desenvolvido por Agência Clig