Vender ou oferecer bebida alcoólica a crianças e adolescentes é crime. (Foto meramente ilustrativa)

Aumenta a cada dia o número de leitores que pedem que o DQ denuncie a presença cada vez maior de adolescentes consumindo bebidas alcoólicas nas noites de Quixadá. Alguns informam que veem constantemente até mesmo crianças adentrando em altas horas da noite em estabelecimentos claramente destinado a maiores de 18 anos.

Em setembro do ano passado, o Ministério Público do Ceará, através da Dra. Caroline Jucá Coutinho, requereu a intensificação da fiscalização de festas, bailes e casas de show. Vender ou oferecer bebida alcoólica a crianças e adolescentes é crime tipificado no art. 243, da Lei nº 8.069/90.

É importante, também, que os pais se conscientizem sobre a necessidade de impedir que seus filhos menores tenham facilitado o contato com o álcool, além de outras drogas que causam dependência.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO


Site desenvolvido por Agência Clig