Preço do feijão aumenta 100% nos primeiros dois meses de 2019

Item indispensável na cesta básica do brasileiro, o feijão carioca – um dos mais consumidos – dobrou o preço do quilo vendido na Central de Abastecimento (Ceasa) de Maracanaú, na passagem de 1º de janeiro até ontem.

O valor do quilo do grão em alguns supermercados apresenta oscilação de até 22,7% entre as marcas.

Na Ceasa o quilo mais barato é vendido a R$ 6,80. O analista de Mercado Atacadista da Ceasa, Odálio Girão, destacou que a comercialização anterior era praticada a R$ 3,40.

Segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o feijão teve variação de 28,63% em janeiro último, em Fortaleza. O número é o terceiro maior entre as capitais brasileiras, atrás de Belém (37,54%) e Goiânia (31,55%).

A realidade do aumento no preço do produto já existe também no interior. Quem vai a supermercados em cidades como Quixadá já percebe que o item ficou mais pesado para o bolso. (Informações do O Povo)


Site desenvolvido por Agência Clig