Povo barra nas urnas volta de Cabo Sabino, Danilo Forte, Raimundo Gomes de Matos e Gorete Pereira ao congresso

No final de setembro, a Aepet (Associação dos Engenheiros da Petrobrás) divulgou em seu site a lista de todos os deputados que, na avaliação da entidade, votaram pela entrega do pré-sal, logo após a derrubada de Dilma Rousseff e a ascensão Michel Temer ao poder. Entre os nomes apareceram alguns bem conhecidos em Quixadá e no Sertão Central.

Cabo Sabino, Danilo Forte, Raimundo Gomes de Matos e Gorete Pereira, por exemplo, foram tidos pela Aepet como parlamentares apoiadores de Temer em projetos para entregar as riquezas nacionais a investidores estrangeiros. Nenhum deles conseguiu a reeleição.

Veja os números da queda no eleitorado destes candidatos no Ceará:

CABO SABINO:
2014: 120.485 votos.
2018: 47.010 votos.

DANILO FORTE:
2014: 180.157 votos.
2018: 55.910 votos.

RAIMUNDO GOMES DE MATOS:
2014: 95.145 votos.
2018: 44.176 votos.

GORETE PEREIRA: 
2014: 130.983 votos.
2018: 62.946 votos.

Veja os números na variação do eleitorado destes candidatos em Quixadá:

CABO SABINO:
2014: 2.528 votos.
2018: 2.582 votos (54 votos a mais).

DANILO FORTE:
2014: 4.820 votos.
2018: 1.207 votos.

RAIMUNDO GOMES DE MATOS:
2014: 1.223 votos.
2018: 705 votos.

GORETE PEREIRA: 
2014: 109 votos.
2018: 29 votos.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO


Site desenvolvido por Agência Clig