Trechos que serão recuperados em todo o Ceará.

O novo pacote de investimentos para recuperação de estradas estaduais, lançado em transmissão ao vivo pelas redes sociais pelo Governo do Ceará na tarde desta quinta-feira (8), vai contemplar 121 trechos de CEs. Isso representa uma extensão de 2.038 quilômetros (km), que passarão por reforma e sinalização no prazo de 360 dias. Serão mais de R$ 400 milhões de investimento, beneficiando 109 municípios, e com serviços previstos para começar de forma imediata. Ao seu lado estavam a vice-governadora, Izolda Cela, o secretário das Cidades, Zezinho Albuquerque, o superintendente de Obras Públicas (SOP) do Ceará, Quintino Vieira, e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Evandro Leitão.

Camilo Santana ressaltou que, com a assinatura das ordens de serviço, as intervenções que devem começar de forma imediata. “Não se trata de um projeto tapa-buracos não. Aqui é um programa completo de recuperação de estradas, importante para a segurança para as pessoas, aos alunos, que têm de se deslocar para estudar fora da cidade, para a saúde, numa emergência para a ambulância, para o turismo, e para a economia”, explicou o governador.

O pacote de serviços de recuperação funcional será efetuado conforme divisão regional em cinco lotes: Região Metropolitana de Fortaleza (1), com 127 km; Região de Itapipoca e Sobral (2),com 479,18 km; Região de Iguatu e Crato (3), com 429,65 km; Região de Aracoiaba, Limoeiro do Norte e Quixeramobim (4), com 384,76 km; e Região de Santa Quitéria, Crateús e Tauá (5), com 616,97 KM

No Sertão Central, serão recuperados mais de 177 km de estradas estaduais. Os trechos são os seguintes:

CE-060 – Quixeramobim/Bonfim – 49,9 km.

CE-166 – Canafístula/Quixeramobim – 33,8 km.

CE-265 – Canafístula/Madalena – 26,5 km.

CE-060 – Mineirolândia/Mombaça – 26,7 km.

CE-456 – Choró/Entr.CE-060 – 12,7 km.

CE-456 – Targinos/Choró – 27,8 km.

CEARÁ DE PONTA A PONTA:

Além dos serviços de recuperação que serão iniciados no Estado, existem obras em execução em aproximadamente 452 km de malha viária: 91 km de duplicação, 284 km de pavimentação e 77 km de restauração.

As obras são viabilizadas pelo Ceará de Ponta a Ponta, programa de Logística e Estradas, que amplia continuamente a extensão e capacidade de carga da malha viária do Estado desde 2015. Somam investimentos de R$ 522 milhões, com recursos do Tesouro do Estado e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). De obras rodoviárias, foram entregues, nos últimos sete anos, quase 2.800 km, entre duplicação, pavimentação e restauração.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO.


Site desenvolvido por Agência Clig