Eunício Oliveira rejeita aliança com Ciro: ‘É uma Maria Louca’.

O presidente do MDB no Ceará, Eunício Oliveira, afirmou que, se a aproximação do partido com o ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) for levada adiante, provocará uma crise no partido. Os relatos foram publicados pela coluna Radar.

“Quem imaginar que o partido de Ulysses Guimarães vá apoiar essa Maria Louca, está pensando equivocadamente. Se inventarem isso, vamos fazer o grupo dos autênticos no MDB”, afirmou Eunício, lembrando o grupo de deputados que se destacou na resistência do Parlamento contra a ditadura militar de 1964.

“O centro imaginar que alguém como Ciro Gomes seja de centro? Ciro não é solução para ninguém. Ciro é de direita. Nasceu no PDS. Fora que, num dia, ele é capaz de defender a ditadura de manhã e, de noite, já estar abraçado ao PSOL. Se, nesse caminho, tiver entrevista, ele dá dois tabefes nos jornalistas e, se algum deles for negro, o Ciro ainda bota para fora da sala”, complementou.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO.


Site desenvolvido por Agência Clig