João Scognamiglio Clá Dias, líder do Arautos do Evangelho.

Segundo o vaticanista Andrea Tornielli, do jornal italiano La Stampa, o Vaticano está investigando a sociedade católica brasileira ultraconservadora Arautos do Evangelho. A investigação parte do “aparente pacto com Satã sobre a morte do papa Francisco”. As informações foram publicadas nesta segunda-feira, 19, na coluna do jornalista Nelson de Sá, da Folha de São Paulo.

A evidência é um vídeo que vazou e pode ser visto aqui. Segundo Tornielli, o líder da Arautos do Evangelho, monsenhor João Scognamiglio Clá Dias, que protagoniza o vídeo, já renunciou.


Site desenvolvido por Agência Clig