“Quem tiver reclamando, vá ser patrão”, diz Bolsonaro a trabalhadores demitidos.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu, na noite de hoje, cortes feitos nas normas regulamentadoras relativas à segurança no trabalho. Em sua tradicional live do Facebook, ele alegou que é necessário “facilitar a vida dos patrões para dar emprego”.

Ele saiu em defesa da redução da multa a ser paga por empresas em demissões sem justa causa.

“O patrão quando manda pra fora não é por maldade, é porque a pessoa não está trabalhando, está dando prejuízo, ou quer contratar alguém melhor. E tem gente reclamando. Quem está reclamando: vá ser patrão. Nós tiramos 10% para tirar encargo”, explicou.


Site desenvolvido por Agência Clig