O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi.

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, decidiu pelo confinamento total do país de 1,3 bilhão de habitantes durante três semanas para conter o avanço do coronavírus.

A decisão foi anunciada nesta terça-feira, 24.

“A partir de meia noite, todo o país está confinado. Para salvar a Índia, para salvar cada cidadão, a vocês e suas famílias”, afirmou Modi em um discurso transmitido pela televisão.

O Brasil segue com mais de 1 mil casos confirmados e sem nenhuma medida federal de promoção de isolamento social. Por aqui, Bolsonaro defende que não é preciso deixar de ir aos cultos e fala sobre não causar pânico.


Site desenvolvido por Agência Clig