Geddel Vieira Lima

A Justiça Federal de Brasília decidiu absolver o ex-ministro Geddel Vieira Lima por falta de provas. O político era acusado de intimidar o doleiro Lúcio Funaro e a esposa dele para que não delatassem um esquema de desvios no fundo de investimentos do FGTS e da Caixa Econômica Federal.

Desde setembro do ano passado, Geddel está preso na Papuda por contra de outro processo, em que é acusado de esconder R$ 51 milhões em propina em um apartamento na Bahia.

Também nesta semana, foi aceita a denúncia de lavagem de dinheiro contra o ex-ministro Vallisney de Souza, do MDB, acusado de enviar recursos ilícitos vindos de uma construtora para paraísos fiscais.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO


Site desenvolvido por Agência Clig