Infecção por coronavírus pode durar mais de um mês, revela estudo.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde consideram 14 dias o tempo que uma pessoa infectada pelo coronavírus é contagiosa, mas recentemente este período considerado crítico foi encurtado para 10 dias.

Dados do Centro de Triagem e Diagnóstico (CTD) da UFRJ, porém, revelam que cerca de 60% das pessoas infectadas continuam positivas e potencialmente contagiosas 14 dias após o surgimento dos sintomas. E 20% por mais de um mês.

Fez parte do estudo do grupo a descoberta do mais longo caso de persistência já documentado no mundo, o de uma mulher que passou 152 dias infectada pelo coronavírus. Outros casos de infecção prolongada, alguns por mais de 100 dias, também permanecem em investigação.

Informe Público.


Site desenvolvido por Agência Clig