Governo quer voltar a cobrar impostos sobre produtos da cesta básica.

O governo do presidente Jair Bolsonaro estuda acabar com a isenção de impostos sobre produtos da cesta básica e, em troca, dar dinheiro às famílias mais pobres. A informação foi dada por Vanessa Rahal Canado, assessora especial do ministro da Economia, Paulo Guedes, em entrevista ao jornal “O Globo”.

Segundo ela, a medida faz parte da primeira etapa da reforma tributária, que deve ser enviada ao Congresso ainda neste ano.

Desde 2004, produtos como feijão, arroz, pão, leite e queijos são isentos da cobrança de PIS/Cofins. Desde então, decretos ampliaram os alimentos beneficiados, que, de acordo com o jornal, na avaliação de funcionários do ministério, são consumidos por famílias mais ricas.

Atualmente, o governo deixa de arrecadar R$ 18 bilhões por ano com essas isenções. Pelo novo sistema, o consumidor geraria créditos no cartão do Bolsa Família ao comprar produtos sobre os quais incidem os impostos, e o valor seria devolvido, de acordo com a faixa de renda. A ideia é que beneficiários do programa tenham uma restituição de 100%.


Site desenvolvido por Agência Clig