Lígia Suely Lopes de Oliveira.

Uma mulher se desesperou, em Alto Araguaia (415 km de Cuiabá), após infectar a mãe, Lígia Suely Lopes de Oliveira, com o novo coronavírus. Durante o enterro, ela não aguenta a emoção e o sentimento de culpa e pede perdão por não ter tomado os devidos cuidados de prevenção. O vídeo, gravado na primeira semana de junho, começou a viralizar nas redes sociais.

O vídeo chocante mostra uma das filhas ajoelhada no chão e pedindo sua mãe de volta. Esta foi a segunda morte na família provocada pela Covid-19. Dez dias antes, o pai de Lígia Suely, Joaquim José de Oliveira, de 74 anos, havia perdido a vida para o novo coronavírus.

As duas vítimas tinham comorbidades, isto é, doenças pré-existentes que os colocavam no grupo de risco para a Covid-19. Suely era hipertensa e cardiopata, enquanto Joaquim de Oliveira dia diabetes e cardiopatia. De acordo com o prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo Anicézio, eles haviam sido contaminados por um parente a as suspeitas são de que a infecção tenha acontecido por meio das filhas que frequentavam churrascos com amigos. Elas também testaram positivo para a doença, mas ficaram assintomáticas.


Site desenvolvido por Agência Clig