Estado americano emite alerta após caso de ameba “comedora de cérebro”.

O Departamento de Saúde da Flórida informou que uma pessoa de Hillsborough, condado do estado dos EUA, contraiu uma microscópica ameba que causa infecção no cérebro conhecida popularmente como “comedora de cérebro” ou Naegleria Fowleri. A ocorrência do caso gerou alerta aos moradores da região. A informação é do portal G1. 

As consequências potencialmente fatais da infecção obrigaram o órgão de saúde da Flórida a emitir um alerta, no dia 3 de julho, para os moradores de Hillsborough. As autoridades locais recomendaram aos habitantes que evitem o contato do nariz com água encanada e de outras fontes da região. O estado de saúde do paciente ainda não foi divulgado.

A ameba pode ser encontrada em água morna e entra no corpo humano através do nariz, acrescenta a reportagem. A infecção é mais comum em estados do sul dos EUA.

O contato da ameba “comedora de cérebro”  com humanos ainda é bastante raro. Não há casos de “transmissão” entre pessoas.


Site desenvolvido por Agência Clig